Foto: Vatican Media

A apresentação do novo volume da Lev-Spc, assinada pelo cardeal Pietro Parolin, colhe e ressalta o intento do Papa Francisco que fala para a Europa de esperança, convidando-a a recuperar seu “patrimônio ideal e espiritual”.

Cidade do Vaticano – “Repensar o futuro partindo das relações. Discursos sobre a Europa” é um novo volume da Livraria Editora Vaticana (Lev) – Secretaria para a Comunicação (Spc), que reúne as cinco principais reflexões que o Papa Francisco ofereceu aos representantes da política, do episcopado e da sociedade civil europeia, a partir da visita ao Parlamento Europeu e ao Conselho da Europa em Estrasburgo, na França, em 25 de novembro de 2014.

Francisco fala para a Europa lançando um olhar sobre a esperança

A apresentação do volume, assassinada pelo secretário de Estado vaticano, cardeal Pietro Parolin, colhe e ressalta o intento do Santo Padre que – num cenário mundial de guerras, divisões e pobreza, diante das exaustões da Europa e da constante crise de solidariedade – fala para a Europa de esperança.

As palavras do Papa Francisco jamais oferecem raciocínios abstratos, mas têm subjacentes rostos e situações concretas, problemáticas reais das pessoas que encontra diariamente durante suas numerosas audiências. Colocam no centro a pessoa humana, com suas necessidades, seus laços, sua dignidade.

Nova seiva e novo vigor para enfrentar desafios de hoje e de amanhã

Através de seus discursos o Papa não pretende propor soluções práticas para os problemas, mas oferece uma contribuição para indicar a bússola na direção de uma viagem que tem como horizonte dar nova seiva e novo vigor para enfrentar os desafios de hoje e de amanhã.

Evocando o discurso do Pontífice ao Parlamento Europeu (Estrasburgo, 25 de novembro de 2014), o secretário de Estado vaticano recorda que para o Papa Francisco a Europa é chamada a reencontrar a si mesma, a sua alma, “aquele ‘espírito humanista’ que ama e defende”. Isso exige “repensar o futuro partindo das relações”.

Visão relacional da pessoa, inserida numa comunidade

Face a uma ideia individualista do homem, a uma concepção da pessoa humana desvinculada de todo e qualquer contexto social, “o Papa propõe uma visão relacional da pessoa, inserida numa comunidade”.

Face a uma globalização da indiferença que encontra sua seiva vital no egoísmo, o Papa “faz apelo a uma liberdade responsável, radicada na verdade e capaz de dar vida a uma solidariedade concreta”.

Recuperar a memória, risco de perder o horizonte

Para enfrentar os desafios de hoje e de amanhã é preciso recuperar a memória, conhecer a origem porque “o risco de nosso tempo é ser desmemoriado, perder o sentido das próprias raízes, preferir o efêmero do momento e perder” o horizonte.

Evocando o discurso do Santo Padre proferido em 6 de maio de 2016 por ocasião da entrega do Prêmio Carlos Magno, o cardeal Parolin recorda que o Papa Francisco convida a injetar na Europa nova seiva vital a fim de que seu futuro se manifeste como um “novo humanismo baseado em três capacidades: a capacidade de integrar, a capacidade de dialogar e a capacidade de gerar”.

Recuperar o patrimônio ideal e espiritual que sempre caracterizou a Europa

A leitura destas páginas é um encorajamento e um convite a recuperar o “patrimônio ideal e espiritual” que sempre caracterizou a história da Europa”, ressalta o secretário de Estado vaticano.

No volume encontram-se presentes: o discurso ao Parlamento Europeu (Estrasburgo, 25 de novembro do 2014); o discurso ao Conselho da Europa (Estrasburgo, 25 de novembro do 2014); o discurso pronunciado por ocasião da entrega do Prêmio Carlos Magno (Sala Régia, Vaticano, 6 de maio de 2016); o discurso dirigido aos chefes de Estado e de Governo da união Europeia por ocasião do 60º aniversário da Assinatura dos Tratados de Roma (Sala Régia, Vaticano, 24 de março de 2017) e as palavras dirigidas aos participantes da Conferência “(Re)thinking Europe” (Sala do Sínodo, Vaticano, 28 de outubro de 2017).

Vatican News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.