Pedro, ao lado de sua esposa, é idealizador e fundador do Projeto Família Cristã / Foto: Facebook

“Eu tenho fé que se levanta um novo momento político no Brasil, onde o nosso voto não será apenas por obrigação e sem esperanças por traumas e decepções passadas, mas pela via do protagonismo, onde as mudanças que queremos no cenário político aconteçam por meio da legitimidade de representantes honestos e com Deus no coração”, é o sonho de Pedro Teodoro, católico de São Mateus, idealizador e fundador do Projeto Família Cristã (PFC).

Na entrevista concedida a nossa equipe, Pedro falou sobre o projeto de educação política e mudança comportamental que ele lidera em São Mateus.

Portal Católico – O que é e qual o objetivo do Projeto Família Cristã?

PFC – O Projeto Família Cristã tem o objetivo de auxiliar e orientar o cristão, cidadão de São Mateus, a escolher o seu representante do poder público e de como participar ativamente da política, para que o bem comum aconteça através de políticas públicas mais justas.

Além disso, também incentivamos e qualificamos o leigo no engajamento como protagonista no cenário político, porque acreditamos que toda mudança profunda começa de dentro pra fora.

Foto: Facebook

Portal Católico – Explique a escolha do nome “PROJETO FAMÍLIA CRISTÔ.

PFC – Hoje na política estamos vendo várias bandeiras serem levantadas, mas na política são poucos os que defendem a bandeira da família. Prova disso é que em sua maioria, os partidos tem ideologias e filosofias contrárias aos valores familiares.

Portal Católico – Quando e como surgiu o PFC?

PFC – No ano 2017 minha esposa engravidou do nosso primeiro filho, o Pedro Henrique. Justamente naquele ano, iniciou-se uma movimentação política para se aprovar a ideologia de gênero nas escolas capixabas à partir de projetos de leis municipais.

O projeto de lei quase foi aprovado aqui em São Mateus. Se não fosse uma intervenção da nossa igreja local, levando questionamentos para a câmara municipal, o projeto teria sido aprovado sem nem ao menos saberem do que se tratava. Graças a Deus não foi aprovado.

Preocupado com o destino da educação em nossa cidade, estado e país, iniciei a graduação em Ciência Política. Comecei a estudar também a doutrina social da igreja para ter propriedade analítica, teórica e prática sobre os temas, para me tornar um formador de opinião.

Foto: Facebook

Em janeiro de 2019 tive um sonho, que acredito ter sido uma inspiração divina. Foi suscitado em meu coração a vontade de multiplicar todo o conhecimento que tinha adquirido. Então conceituei o projeto cujo objetivo era formar o maior número de pessoas possível, dando a elas critérios para a escolha dos nossos agentes políticos.

Apresentei o projeto para o meu pároco, que abraçou comigo e meu deu a sua bênção para começar os trabalhos. Hoje tenho um grupo de aproximadamente duzentas pessoas, que se reúnem uma vez por mês e estudam desde a origem etimológica da política e seus personagens.

Não é só conhecimento técnico, mas associado ao que igreja nos orienta através da Doutrina Social da Igreja (DSI). Hoje dou palestras em escolas, comunidades e onde temos espaço para levar a essência do PFC.

Foto: Facebook

Portal Católico – Quais são as atividades que o projeto realiza?

PFC – Além das formações temos um trabalho de aconselhamento também para conflitos materiais e espirituais para a família, casais e jovens. Ajudamos na orientação do orçamento doméstico e rezamos por todos aqueles que nos procuram.

Participam do projeto, economistas, médicos, empresários, cientista político, pessoas muito simples também, socialmente e intelectualmente. Mas o objetivo em comum é o mesmo, melhorar a vida das pessoas através de políticas públicas de qualidade.

Portal Católico – Quem pode participar do PFC?

PFC – Toda pessoa que acredita que a família é a base da sociedade e acredita nos valores cristãos, independentemente de religião. Participam católicos, evangélicos e até um agnóstico, que é um embaixador PFC. Chamamos de “embaixador” todos que se cadastram no projeto e assumem o compromisso de se formar.

Foto: Facebook

Portal Católico – O PFC tem algum Diretor Espiritual? Pertence a alguma Paróquia?

PFC – Temos sim, o meu pároco. Além dele, temos um conselho administrativo e um conselho espiritual, que tem como integrante o fundador da Renovação Carismática Católica (RCC) da nossa cidade.

Portal Católico – O que é trabalhado nas reuniões e formações?

PFC – Nós debatemos os cenários local, regional, estadual e nacional, fazendo um paralelo com o cenário ideal a partir do que aprendemos e rezamos, acreditando na construção da civilização do amor, tendo como protagonistas agentes políticos capacitados e com Deus no coração.

Portal Católico – Quem e quais pessoas estão a frente do PFC? Existem equipes? Se sim, como elas são divididas?

PFC – Sou o fundador. Temos oito pessoas no conselho administrativo do projeto, que definem a agenda e ações práticas. Além deles, temos também um conselho espiritual, para que toda condução do nosso projeto seja feita pela ação do Espírito Santo.

Foto: Facebook

Portal Católico – As formações abertas ao público acontecem em que local e com que frequência?

PFC – Aberta ao público, uma vez por mês, em um cerimonial cedido por um embaixador PFC, que é o proprietário do local. Temos um grupo de Whatsapp onde as formações acontecem de forma online também. Nesse caso, só para embaixadores PFC. Formamos primeiro os embaixadores, para só depois oferecer a formação ao público.

Portal Católico – Pra finalizar nossa entrevista, quais são os próximos passos do projeto? Se puder comentar.

PFC – Estamos rezando, mas sonhamos com a possibilidade de inserir embaixadores em todas as esferas política – municipal, estadual e federal – como agentes políticos legítimos, com a bíblia em uma das mãos e na outra a Constituição.

Projeto Família Cristã

Redes Sociais

Acompanhe as mídias sociais do Projeto Família Cristã e faça parte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.