Um frequentador de uma igreja escreveu a seguinte mensagem para um jornal:

“Eu tenho ido à igreja por 30 anos e durante este tempo devo ter ouvido umas 3.000 pregações. Mas, com exceção de uma ou outra, eu não consigo lembrar da maioria delas. Por isso eu acho que estou perdendo meu tempo e os que pregaram também estão desperdiçando o tempo deles”.

Esta matéria após ser divulgada no jornal, gerou uma grande discussão resultando em uma sábia resposta de um leitor, também divulgada no jornal:

“Estou casado há mais de 30 anos e durante esse tempo minha esposa deve ter cozinhado umas 9.000 refeições. Mas, com exceção de uma ou outra, eu não consigo me lembrar da maioria delas Mas, de uma coisa eu sei: todas elas me nutriram, me alimentaram e me deram a força necessária para fazer minhas atividades. Sem essas refeições, eu e nossos filhos estaríamos desnutridos, fracos, desanimados ou até mortos. Da mesma maneira, se eu não tivesse ido à igreja para alimentar minha vida, minha alma e a da minha família, estaríamos hoje mortos espiritualmente”.

Esse belo e importante relato, nos faz lembrar o que diz a carta aos Hebreus no capítulo 10, versículo 25: “Não deixemos nossas assembleias, como alguns costumam fazer. Procuremos, antes, animar-nos sempre mais, à medida que vedes o Dia do Senhor se aproximar”.

Portanto irmãos, não deixemos de estar em comunhão com a igreja em hipótese alguma. Encorajemo-nos uns aos outros!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.