Foto: Imagem da Internet

Após a Ressurreição de Jesus Cristo (Páscoa), a igreja adentra no tempo litúrgico conhecido como Tempo Pascal. Segundo as Normas Universais do Ano Litúrgicoos cinquenta dias entre o domingo da Ressurreição e o domingo de Pentecostes sejam celebrados com alegria e exultação, como se fossem um só dia de festa, ou melhor, “como um grande domingo” (número 22).

Com duração aproximadamente de dois meses, este tempo é considerado o tempo litúrgico mais forte da igreja, pois trata-se da passagem de Cristo pela morte e a sua Ressurreição. O Tempo Pascal encerra-se com a Solenidade de Pentecostes.

Oitava da Páscoa

A primeira semana dentro do período de cinquenta dias do Tempo Pascal, é chamada de “Oitava da Páscoa”, que corresponde aos oito primeiros dias deste tempo litúrgico, onde toda a igreja celebra “como se fosse um único dia” com alegria e júbilo a Ressurreição de Jesus Cristo, encerrando no “Segundo Domingo da Páscoa” (Domingo da Oitava).

Círio Pascal

O Círio Pascal ficará aceso, representando o Cristo Ressuscitado, durante as celebrações do Tempo Pascal, até a tarde da Solenidade de Pentecostes.

Buscai as coisas do alto

Que façamos das nossas vidas neste período que corresponde a Oitava da Páscoa, uma eterna Páscoa. “Se, pois, ressuscitastes com Cristo, procurai as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus (Col. 3,1).”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.