Foto de Andre Moura em Pexels

Há quem se incomode porque sente que na sua vida interior não cresce rápido o bastante, não sobe com rapidez. Eu devo estar fazendo algo errado, pensa. Minha oração não tem eficácia. Tem algo errado com ela. Não passa pra outra fase.

E começa procurar as soluções mirabolantes, passa a buscar aeronaves supersônicas e espera ajuda da NASA. Eu sei, eu sou assim.

Mas nesta ânsia de subir afoita se esconde nosso orgulho. Desejamos fazer uma santidade ao nosso molde, produzida para a Nintendo. Gastamos nossas poucas forças buscando construir uma torre de babel e nos assustamos quando nos vemos cercados de línguas incompreensíveis.

Em primeiro lugar, é preciso entender que na nossa vida espiritual o protagonista é o Amor, isto é, o Espírito Santo. Portanto é preciso ir ao Cenáculo.

Não se trata tanto de subir mas de descer, se abaixar, ou melhor, se reconhecer baixo, porque venhamos e convenhamos, já somos bem rasteiros.

Será Jesus mesmo a nos levar ao Pai! É preciso deixar-se educar pelo Mestre, que na Quinta-feira Santa, se abaixa para o lava-pés.

Eis aí o segredo da vida espiritual.

Sim, é preciso se reconhecer-se pequeno e servidor especialmente na oração.
Lembra-te, o foco da oração não é você, por um momento você não é o centro, o foco aqui é Deus!

Sai do celular e vai por um minuto pro Cenáculo perpétuo dos nossos Sacrários. Deixa-te educar, deixa-te formar, deixa-te amar.

Não complica, confia!

Conheça a loja Sacro Santo, um novo conceito em moda católica

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.