Foto: Ir. Neila (esquerda), Ir. Ana (centro) e Ir. Maria Ángeles (direita)

“Mas o que você vai fazer no Brasil? Tão longe?“, eram as perguntas que a minha família e amigos faziam com certa frequência.

Nem eu mesma sabia o que iria fazer a tantos quilômetros de distância do meu país, mas tinha a certeza de que Deus estava me chamando e me convidando para uma nova experiência ao Seu lado.

Sou Maria Ángeles, Ir. da Consolação e tenho 38 anos. Sou espanhola e estou morando há 9 meses entre vocês do Espírito Santo.

Quando cheguei a cidade de Guarapari achei uma preciosa missão que era, ao mesmo tempo, um grande desafio. O Centro Social Santa Mônica recomeçaria com uma estrutura diferente, com dúvidas sobre o sucesso do novo funcionamento e quase sem recursos, mas Jesus foi guiando cada passo.

Em agosto do ano passado abrimos as portas à 50 crianças carentes do bairro Bela Vista. O nosso objetivo era, e sempre será, oferecer às crianças um espaço onde se sintam valorizadas e amadas, onde possam fazer crescer os imensos dons que têm e onde descubram que é possível sonhar com um futuro digno e fazê-lo realidade.

Para isso, desde o início, contamos com a ajuda de voluntários e colaboradores que doam tempo, alegria e tudo o que são. Assim, começamos oferecendo distintas oficinas e atividades para estimular alguns valores cristãos nas crianças: respeito, tolerância, bondade, esforço e superação.

Não é fácil descrever a alegria de dar, em cada dia, as boas-vindas às crianças que chegam ao centro social tão ansiosas, tão lindas, dando-lhes um abraço ou cumprimentando-as à sua maneira de criança ou pré-adolescentes que são. Elas estão tão felizes lá que, às vezes, é difícil a despedida quando é chegada a hora de ir pra casa.

Foto: Ir. Maria Angeles com crianças e pré-adolescentes

Muito mais falaria do centro social onde vejo, a cada momento, a mão de Deus, mas para isso, precisaria de um número maior de linhas e páginas!

Ainda tive mais presentes para ganhar aqui em Guarapari que não tinha imaginado: a acolhida das minhas irmãs de comunidade e todas as pessoas (ainda que não entendam muito meu portuñol), a partilha com as pessoas mais carentes do bairro, o Círculo Bíblico, o meu amado Movimento da Consolação e amigos sinceros que cuidam de mim como se fossem família mesmo.

A experiência nas comunidades de Guarapari e interior (onde me sinto em casa) também é muito rica para mim. Essa força, constância, fé e desejo de celebrar a Palavra em comunidades pra onde me enviam me ajudam a renovar a fé.

Tantas experiências em 9 meses de Vida, e “Vida” com letra maiúscula, porque está sendo um tempo de dar e ganhar Vida, onde tenho certeza de que Deus está no meio dos humildes, onde eu sou apenas um instrumento imperfeito para que o Senhor fale ao irmão que ele não está sozinho.

Obrigada de coração a todos os que fazem com que a saudade que carrego da minha família seja aliviada com tanto carinho de graça e tanto amor dedicado a mim e aos que sofrem ao meu lado, o lado onde escolhi viver.

Se você está lendo estas palavras e sente o desejo profundo de entregar e ganhar Vida, nós, as Irmãs da Consolação, esperamos por você no bairro Bela Vista, em Guarapari.

Santa Maria Rosa Molas nos ajude a fazer realidade o desejo que marcou toda a sua vida: “Só desejo que o pobre seja servido e Deus louvado”.

Ir. Maria Ángeles

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.