Frei Djalmo Fuck foi vítima de fake news envolvendo a visita de Jair Bolsonaro ao Espírito Santo / Foto: Convento da Penha
Conheça a loja Sacro Santo, um novo conceito em moda católica

O guardião do Convento da Penha, Frei Djalmo Fuck, foi vítima de uma fake news (informação falsa) que passou a circular recentemente em redes sociais e aplicativos de mensagens.

Entenda o Caso

O texto afirmava que frei Djalmo estava tentando impedir a visita do presidente Jair Bolsonaro ao Espírito Santo, ao supostamente dizer que o Convento da Penha não possuía estrutura e segurança necessária para recebê-lo.

Visita Cancelada

A visita de Jair Bolsonaro estava prevista para acontecer neste final de semana, dias 27 e 28 de maio, mas foi cancelada por conflito de agenda. Os organizadores que articulavam a visita do presidente ao Estado, saíram em defesa do religioso.

Esclarecimento

Ao ser alertado sobre o texto que circula pela internet, o guardião e reitor do Convento da Penha esclareceu e desmentiu a fake news, por meio das redes sociais:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

“Venho a público, esclarecer que, em nenhum momento fui procurado pelo Gabinete de Segurança Institucional do Governo Federal para tratar sobre a vinda do Sr. Presidente da República ao Espírito Santo.

Reitero que jamais tentei impedir sua vinda ao nosso Estado e ao Convento Nossa Senhora da Penha. Reafirmo que é mentiroso, calunioso e infundado o texto que circula pelas redes sociais envolvendo meu nome e do Convento da Penha.

A Casa da Mãe dos capixabas, Santuário do Perdão e da Graça, acolhe a todos de braços abertos. Paz e Bem!”
Frei Djalmo Fuck, Guardião e Reitor do Convento da Penha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.