Gerd Altmann por Pixabay

Na semana em que o Brasil atingiu o número de 100 mil mortes por Covid-19, desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Comissão Nacional de Diáconos (CND), vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), registrou que 10 diáconos permanentes morreram por Covid-19. O levantamento apontou também que há 31 casos confirmados da doença e dois casos suspeitos.

O balanço mostra ainda que o regional Nordeste 2 da CNBB, que compreende os Estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, é o que mais registra casos, dentre os demais, de confirmação da doença (05) e número de óbitos (4) de diáconos permanentes. Esta é a primeira vez que a Comissão realiza o balanço em parceria com as Comissões Regionais de Diáconos (CRDs).

Segundo o presidente da Comissão, diácono Francisco Salvador Pontes, o balanço permite fazer um acompanhamento da situação. “Nos permite ver de que forma ajudar, o que fazer para que estes diáconos permanentes tenham uma melhor atenção da nossa Comissão e de todos os diáconos do Brasil”, disse.

“Nós lamentamos muito que durante esse período de pandemia nós tenhamos perdido pelo menos 10 diáconos, isso para nós é profundamente lamentável, muito triste”, comentou o diácono.


Fonte: CNBB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.